Felicidade, o Prazer


É necessário paciência. Poder esperar e curtir plenamente cada momento, o momento presente.

Vedanta diz que a experiência de felicidade, de prazer, tem 3 momentos, denominados de priya, moda, pramoda.

Priya é a felicidade que ocorre quando se pensa em algo amado, apreciado, desejado. Moda é a felicidade adquirida quando o momento para o encontro com o objeto amado está marcado e será em breve. Por fim, pramoda é a felicidade do momento do encontro. O momento em que todos os desejos, as expectativas, as fantasias e o querer chegam ao fim. E, então, a pessoa consegue relaxar totalmente, estar consigo mesma sem agitação. É o momento de paz, de satisfação ou plenitude total. Mas, com paciência, cada momento tem sua beleza, seu prazer. Há de se ter paciência, pois se permitirmos que a inquietude tome conta da mente, tentaremos pular as etapas. E será, então, como um cão beagle que adora comer, mas está sempre tão ávido, que nunca aprecia o que está a comer; se prepara com ansiedade para o que parece vir a seguir, e nunca consegue se saciar!

Com a pressa do momento atual só ambicionamos pramoda. Para, a seguir, projetar novo encontro rápido com novo objeto – impacientemente.

O Kama Sutra, que ensina sobre o prazer, propõe o exercício da paciência (como tapas ou disciplina) para que a felicidade possa ser saboreada plenamente. Como parte da tradição védica, afirma que a paz, que é a satisfação plena, já é nossa. Sem conseguir entender isso e no afã de conquistar a felicidade, querendo agir sem gastar tempo a pensar, saímos atrás de qualquer coisa que brilhe para nossos ávidos sentidos e...que pena!... não conseguimos apreciar o momento presente. Um grande exercício (tapas) é com certeza a paciência.


51 visualizações

Rua Miguel Lemos, 44, sl 902 - Copacabana - Rio de Janeiro/RJ

Cep: 22071-001 | Brasil

Tel: +55 21 2287-2774 ou  98880-3256

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone YouTube
  • Preto Ícone Instagram